Para as iniciantes: conheça os tipos de patins e modalidades

20 fevereiro

O Patinadora Pop fala exclusivamente sobre patinação artística e muitas atletas curtem e acompanham o blog. Mas tem muita gente que passa por aqui que está apenas começando a patinar e não conhecem muita coisa sobre esse esporte. Então, para ajudar a esclarecê-los melhor sobre o assunto, vamos começar a falar do básico: os tipos de patins que existem por aí. E para ajudar, nos baseamos num artigo publicado pela Rio Inline.

Tipos de Patins

Existem várias modalidades dentro da patinação:

Freestyle (estilo livre)
Speed (corrida)
Hóquei
Street (manobras radicais de rua)
Vertical (manobras radicais realizadas em rampas grandes em forma da letra U – chamadas de Half Pipes)
Patinação Artística
Freestyle Dancing (dança sobre patins)
Ainda tem Basquete e Futebol sobre patins etc.





Recreação

Indicados para o uso esporádico de crianças ou adultos leves. Com excessão de rodas e rolamentos, todo o restante do patins é em plático reforçado, portanto reduzindo drasticamente a durabilidade, eficiência, agilidade e velocidade. Muitas pessoas optam por este tipo de patins por serem mais lentos e mais baratos. Porém vale lembrar que o “motor” do patins é a perna do patinador, e que se o novo patinador tomar gosto pela patinação, vai fatalmente querer trocar de patins em pouco tempo. Quanto menos preso for o patins, mais fácil de andar! E vou além: um patins muito lento tira um pouco o prazer da patinação. Porém, com o devido cuidado e uso em superfícies lisas como tábua corrida e granito, estes patins ganham uma sobrevida considerável.



Fitness

É o verdadeiro patins de passeio, estando a grande maioria dos patinadores encaixada neste perfil. O Patins de fitness é identificado por dois aspectos principais (base e bota), até por um leigo. Eles têm a base de alumínio aeronáutico e a bota com cadarço. Eles custam um pouco mais caro que os patins de recreação, mas as vantagem são inúmeras. O Conforto da bota é muito maior, mesmo após horas de uso (os patins de recreação parecem confortáveis, mas deixam de ser com o uso prolongado), até pelo fato de que a bota prende os pés em três pontos: presilha superior na canela, o velcro ou presilha no calcanhar e o cadarço na parte da frente. A base de alumínio ajuda na estabilidade, agilidade, eficiência e velocidade do patins, ou seja, o patinador tem muito mais controle do que em um patins de recreação.

                                                                                         

Slalom

Patins ágil para driblagem de cones e para dança sobre patins. O Patins de Slalom é muito parecido com um patins de fitness, porém nele o pé fica preso mais firmemente, as bases são reforçadas e mais curtas e ele não possui freio no calcanhar, obrigando o patinador freiar de outras formas. O patins de slalom é projetado para suportar movimentação lateral brusca, sem que o pé perca apoio. É o patins perfeito para driblar cones, curvas acentuadas e dança sobre patins.



Radical

Patins para execução de manobras de impacto, deslize e saltos, na rua, halfpipe ou skatepark. Também conhecidos como Agressivo (Agressive) ou Street. Estes patins possuem uma bota reforçada para impacto, duas ou quatro rodas pequenas por pé e uma base com uma abertura no meio para deslizar. Se o patinador pretende realizar manobras em skatepark, halfpipe ou simplesmente andar pela rua saltando, deslizando, descendo corrimão, então este é o patins certo. Eles não possuem e nem podem possuir freio no calcanhar.



Velocidade

Patins de competição de velocidade, em circuitos fechados (pista ou indoor) ou de rua. O Patins de velocidade é identificado pela bota que se assemelha a uma chuteira de futebol, porém feita com composto de fibra de carbono, uma base de alumínio de alta tecnologia anti-fricção e rodas grandes, normalmente de 100mm. Usar um patins deste tipo requer treinamento específico pois não há boa sustentação no tornozelo. Eles não possuem freio no calcanhar.




Artístico

Patins para danças e apresentações estilo ballet. Podem ser Inline ou Quad-skates (tradicional com rodinhas paralelas). Os Patins artísticos quad-skates não devem ser utilizados em asfalto; são projetados para uso em cimento liso ou tábua corrida.





Gelo

Patins para patinar no Gelo. Podem ser patins de recreação, fitness, artístico ou velocidade, porém ao invés de rodas, possuem lâminas.






Rodas de Plástico

Evite de comprá-los!!! Patins com rodas de plástico não desenvolvem velocidade, atrapalham o aprendizado da técnica, não substituem peças, derrapam excessivamente, provocam quedas por falta de controle, podem criar lesões por esforço excessivo, principalmente em crianças em crescimento. Eles não proporcionam qualquer prazer ao patinar. Cuidado na hora da compra, pois pode ser o barato que sai caro! Estes patins podem custar mais de R$ 200,00, dando a falsa impressão que são patins adequados para o uso.

Veja também

4 comentários

  1. qual é o melhor patins para iniciantes

    ResponderExcluir
  2. Incrível matéria, já patino com artísticos ha anos e gostaria de comprar um patins c/ a bota fly e base mistral, vc recomenda
    Bj 💋 Helena

    ResponderExcluir
  3. Anônimo3/9/16

    eu não sei onde encontrar um patins pra mim. Moro em Nova iguaçu, Rio de Janeiro e vou comprar meu primeiro patins mas estou perdida com os tamanho e onde encontrar pq calço 36 e não acho meu tamanho,só ajustavel ou mais caro e eu qro um ate 300,00 reais.Alguem pode me ajudar?

    ResponderExcluir
  4. Anônimo3/10/17

    Netshoes vende oelo site frete grátis

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário! ♥

Patinadora Pop Store

Youtube