A patinação salva: sobre se sentir triste e continuar seguindo em frente

30 agosto

Alguns sentimentos roubam a nossa vontade de seguir em frente. Fazem com que nossa rotina se torne mecânica e até tiram o prazer daquilo que nos fazia mais feliz. Ao longo da vida a gente perde muitas coisas e pessoas. Às vezes perdemos oportunidades também. Parece clichê dizer isso, mas tudo faz parte do ciclo da vida. E como essa vida é mesmo cheia de clichês, não é? Mas sabe, a tristeza é importante para nossa formação também. Se você não consegue entender isso, tira um tempinho e assista ao desenho Divertidamente.

O que não é bom pra gente é ficar vazio. Não me entenda mal, se esvaziar é bom e é necessário de vez em quando, pois todo mundo precisa desintoxicar. O que não pode é se tornar frio e indiferente às coisas, deixar de se importar de vez, não sentir mais prazer para desenvolver suas atividades e em colocar planos em prática. Eu já desisti de muita coisa nessa vida, ou pelo menos adiei por longos períodos. Eu já me senti inerte por muito tempo também. Quem lê o blog sabe que quando estou feliz solto purpurina para todos os lados, falando de sonhos, incentivando as pessoas e acreditando que tudo é possível. Mas nem sempre a vida é fácil e nesses momentos tenho uma tendência grave ao isolamento, por isso acabei ficando sumidinha.

Reparei que faz duas semanas que não posto nada no Instagram, muito mais no blog. Cara, o que eu to fazendo? Faz quanto tempo que não coloco os patins nos pés só por diversão? Eu to meio na bad, é verdade. Mas depois de cada decepção, depois de cada coração partido, reparei que tenho ficado mais forte. Hoje sei que não há mal algum em dar uma pausa, porque sentir medo ou viver um luto é necessário e até saudável (por um curto período de tempo, por favor!), mas desistir não deve ser uma opção. E nem vai ser, porque eu continuar escrevendo, compartilhando e deslizando por aí.

Sábado passado fui ao treino de roller derby e conforme meu corpo suava com a patinação e eu tinha os sorrisos das meninas da liga por perto, fui me sentindo melhor. Se você também já se sentiu ou está se sentindo como eu, não fique parado, nem trancado em casa, ok? Sei que a vontade de sair de casa é zero, mas vai "sangrando" mesmo. A patinação trás amigos pra perto, faz você superar desafios. E liberar algumas endorfinas também é sempre bom, né? Uma hora vou me dar conta que parou de doer há séculos e eu nem havia percebido. E se você precisar de mim, minha mão está aqui estendida pra você. Vem comigo? A patinação salva corações. 💜

Veja também

0 comentários

Obrigada pelo seu comentário! ♥

Patinadora Pop Store

Youtube